6 de maio de 2007

Tô fora! Favorito nunca mais!

Será uma tendência ou um acaso? Não sei. Mas é certo que os favoritos só tiveram desilusões nos campeonatos estaduais de futebol em 2007. Será que é espécie de energia negativa que paira no ar desde a Copa do Mundo da Alemanha?

Pelo Campeonato Paulista, os primeiros tropeços foram dos grandes clubes da capital. Corinthians e Palmeiras não conseguiram chegar às finais do torneio, ficaram pelo caminho. Depois veio o pior resultado e o mais doloroso para mim. O São Paulo, como dizem, tomou um chocolate inesquecível e surpreendente, que acabou por embalar o adversário, até então "zebra azul" – São Caetano.

Já o Santos vinha como o maior favorito de todos. Com campanha vitoriosa e exemplar na primeira fase do Paulistão, criou a expectativa do título quase certo desde cedo. Especialmente, após a derrota do São Paulo em pleno Morumbi.

Mas como já disse, os favoritos só sofreram. E após atuações regulares, para não dizer covardes (agora disse!), e uma ajudinha divina, o Santos recebeu o que tem sido devido aos favoritos: uma derrota amarga contra o São Caetano! Seguida de um jogo exaustivo, que causou a perda de dois importantes jogadores com contusões graves. Ou seja, depois de tudo isso, deixou de ser favorito. Estava desacreditado e ferido. E foi exatamente aí, quando tudo parecia perdido, que o destino do Peixe começou a se encaminhar para um final feliz. Fez-se o cenário perfeito do fato consumado e entrou novamente em cena a principal personagem do futebol brasileiro neste ano: a superação!

Parabéns ao Santos, que apesar de minha "torcida-contra", recebe hoje o título de Campeão Paulista 2007. E parabéns também à trajetória do São Caetano, que teve a infelicidade de torna-se favorito bem na hora da decisão – condição fatal!

Sigo com fé... vem aí São Paulo X Grêmio, em POA
Vale o registro de que apesar da vitória do Grêmio, que conquistou do Campeonato Gaúcho, neste domingo, vencendo o Juventude, por 4 a 1, tenho fé de que o São Paulo fica com a vaga para a próxima fase da Copa Libertadores da América. Afinal, se der a lógica, quando tudo está dando certo, algo dá errado. Então, temos chances em Porto Alegre.

Um comentário:

Barneschi disse...

Hum, blog atualizado, né? Que bom se isso acontecesse mais vezes... :-)

(Claro que eu ia cornetar!)

Beijos