7 de abril de 2010

Para Isadora


Espatódia
Composição: Nando Reis

Minha cor
Minha flor
Minha cara

Quarta estrela
Letras, três
Uma estrada

Não sei se o mundo é bom
Mas ele ficou melhor
Quando que você chegou
E perguntou:
Tem lugar pra mim?

Espatódea
Gineceu
Cor de pólen

Sol do dia
Nuvem branca
Sem sardas

Não sei se o mundo é bom
Mas ele ficou melhor
Quando que você chegou
E explicou
O mundo pra mim

Não sei se esse mundo está são
Mas pro mundo que eu vim já não era
Meu mundo não teria razão
Se não fosse a Zoé

Espatódea
Gineceu
Cor de pólen

Sol do dia
Nuvem branca
Sem sardas

Não sei quanto o mundo é bom
Mas ele está melhor
Desde que você chegou
E explicou
O mundo pra mim

Não sei se esse mundo está são
Mas pro mundo que eu vim já não era
Meu mundo não teria razão
Se não fosse a Zoé

3 comentários:

Fábio Levatti disse...

Lindo!!!!!!!!!!!!!!!! Que delícia está sendo esperar por ela! Te amo!

Galáxia de meus anseios disse...

E assim em uma terra fértil produtiva e acolhedora, entre rocks e baladas uma sementinha foi plantada. Está germinando lentamente, e já é profundamente amada pela jardineira que dela cuida com muito carinho e os que fazem parte do lindo jardim!!! Que maravilhoso é saber que tú Isadora, nascerás forte e bela, enfeitando nossos corações no início da primavera!!! Já te amo muito, petalazinha de minha florzinha de jabuticabeira!!!Filhota, maravilhoso o que aqui já deixas para tua pequenina!!!Beijos da vó coruja Helena!

LOCOMOVIMENTO disse...

Hum, taurina, 4x4?!

Então, deve ter acabado de passar ou já vai chegar... parabéns antes e sempre!

T