11 de maio de 2006

Voa, canarinho voa!!!!

A partir da próxima segunda-feira (15/05/06) começa, extra-oficialmente, a Copa do Mundo de Futebol 2006. Sim, porque assim que o Parreira anunciar sua lista de convocados nada, no país e no mundo, será mais importante. Sobre o assunto recomendo a coluna de José Roberto Torero - publicada na Folha de S. Paulo, dia 04/05/06 - "Carta para Parreira". Ele traduz ali, em texto excelente, exatamente o que acontecerá. E diz ao técnico da seleção: "...uns 120 milhões de brasileiros pensam que poderiam estar no seu lugar ... você não tem saída. Cada brasileiro tem sua seleção. A sua pode ser a oficial, mas a nossa é que é a boa...".
Por isso, as polêmicas entre Rogério Ceni ou Marcos ou pela definição do último atacante e do reserva de Roberto Carlos já têm muito tempo e seguirão até o final da Copa, do ano, quem sabe pode durar décadas ou jamais terminará - dependendo do resultado do torneio mundial. (Toc, toc, toc! Bate na madeira!)
Não é preciso tentar explicar, mas fico surpresa quando ouço (e já ouvi de MUITA gente) que "é melhor ver meu time ganhar um campeonato, do que o Brasil a Copa". Minha gente, isso é muito estranho! Acho que meu patriotismo está desmedido, então. Pra mim, a camisa amarela (me recuso a usar a terminologia do Zagallo), o hino nacional, a mão no peito são insuperáveis. E olha que não me faltam títulos ao longo da vida - são paulinos podem dizer isso.
Uma coisa é certa. Eu já me escalei. Estou no vestiário, colocando o uniforme, calçando as chuteiras, fazendo o aquecimento. Chegou a hora de observar melhor as chaves, imprimir a lista com as datas e horários dos jogos, e estudar os nossos possíveis adversários.
Se o Parreira deixar, o salto-alto permitir, a Fifa não boicotar, e o Zagallo não escalar ... acho que o HEXA será nosso! Assim, FÁCIL!
****************************************

NÃO PERCA !!!
O Parreira vai convocar o grupo dele. Eu e o Fábio estamos preparando os nossos titulares. Não perca! Segunda feira, dia 15 de maio de 2006, Post imperdível com a "Nossa seleção"!!!

3 comentários:

Barneschi disse...

Dani,

Gostei de ver a nova atualização. Que continue assim!

Algumas considerações:

1. É fato que sou exemplar exótico da espécie humana. Como tal, as pessoas nem se assustam mais com as loucuras que digo ou escrevo. Ainda assim, permito-me radicalizar um pouquinho uma frase do seu texto. A minha ficaria assim: "É melhor ver meu time ganhar um jogo qualquer contra o Bragantino, do que o Brasil a Copa". Não sei se isso chega a ser surpreendente - ou se provoca algum tipo de choque -, mas é o que acontece. Porque são duas coisas absolutamente incomparáveis. Sim, eu até torço pelo Brasil (menos em 98), mas é uma torcida passiva, quase um relaxamento necessário para compensar a tensão que fica acumulada ao longo de quatro anos. E posso dizer que isso vale também para a imensa maioria dos meus amigos. Sei lá, isso justifica um pouco aquela minha tese de que eu não gosto de futebol...

2. Sim, eu torci para o Brasil contra a Itália em 94. Até chorei, confesso. Mas deixei de torcer pela seleção quando o nosso amigo Zagallo levou o Bebeto e não o Romário para a Copa de 98. Romário na praia, já recuperado da contusão, e Bebeto nos campos franceses? Isso foi demais pra mim. Era impossível torcer. Aí foi pro espaço qualquer relação de afeto.

3. A passividade no que diz respeito à seleção se reflete até no interesse pelo tema. Eu não chego a ficar particularmente ansioso antes de uma Copa. Até lamento um pouco os quase dois meses de paralisação nas minhas idas ao estádio. E, veja você, hoje sou capaz de escalar os oito times do eixo Rio-SP (talvez não o Botafogo), mas nem me preocupo em saber quais serão os 23 do Parreira. Até porque são poucas as dúvidas, mas eu nem dou muita atenção.

4. Se puder, a Fifa vai boicotar.

5. Espero não ter chocado os mais patriotas!

Daniele Moraes disse...

Rô,
Ao contrário do que acho sensato - hehehe - vc não está sozinho. Muita, mas muita gente tb pensa assim. Como vc mesmo disso. Aliás, por uma enorme coincidência, este é o tema de hoje do Blog do Juca (kfouri). Depois dá uma olhada. Através de enquete, uma esmagadora maioria concorda com vc! Pra mim é estranho. Acho que a "superioridade" do Brasil nas últimas Copas (3 finais consecutivas) deixou o brasileiro mal acostumado. Por isso, talvez falte essa emoção que move os torcedores (apaixonados) como vc. Se a seleção estivesse há anos e anos sem vencer, talvez um ou outro abrisse mão de uma vitória contra o Bragantino!!! hehehehe ...
Beijo!

PS1: O Zagallo traumatiza qq um. Ainda não me recuperei de 1998.

PS2: Tb acho que a Fifa (e o resto do mundo) não quer que o Brasil conquiste seu 6º título mundial!!!

Fábio disse...

Cadê o que eu escreví?????? Rsrsrsrs.....